Marina é contra o impeachment?

A Rede Sustentabilidade se posicionou favorável à admissibilidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, mas deixou seus parlamentares livres para votarem de acordo com as suas convicções. Houve uma divisão da bancada, sendo que dois deputados votaram a favor – Miro Teixeira e João Derly – e os demais foram contrários ao impeachment. No entanto, desde o início do processo de impeachment em 2015, Marina defende que a melhor alternativa para o Brasil sair da crise seria a cassação da chapa Dilma/Temer, devido ao uso do dinheiro proveniente da corrupção nas eleições de 2014.

Por isso, Marina sempre afirmou que o impeachment não era golpe por atender a legalidade prevista na Constituição, mas que não alcançaria a finalidade de passar o Brasil a limpo.