Marina é PT (Dilma 2)?

Marina saiu do PT em 2009, por não concordar com os rumos que o partido estava seguindo e por desidentificação com a falta de priorização do partido com o desenvolvimento sustentável. Quando deixou o partido, afirmou em uma carta pública que estava indo ao encontro dos diferentes setores da sociedade dispostos a lutar por um Brasil justo e sustentável e fazer prosperar a mudança de valores e paradigmas de um novo padrão de desenvolvimento para o país.

Marina Silva começou a militar na causa ambiental nos anos 80 com Chico Mendes e se elegeu vereadora de Rio Branco (AC), deputada estadual e senadora pelo Acre. Marina sempre atuou em diálogo com os diferentes setores da sociedade e sua trajetória no parlamento é marcada por mediações com representantes dos diversos partidos para apreciação do mérito das propostas.

Ataques do PT com FAKES em 2014

Vale lembrar que, na campanha de 2014, Marina sofreu inúmeros ataques com mentiras e calúnias por parte do PT. As acusações feitas contra Marina tinham o claro objetivo de esconder a crise que ela denunciava ter sido criada no governo do PT em aliança com o PMDB. A realidade pós-eleição, sem a maquiagem do marketing selvagem, e o trabalho da operação Lava-Jato desmascararam o projeto abusivo de poder que estava por trás de tudo isso.